quarta-feira, 21 de julho de 2010

Ciência conclui: NÃO EXISTE UM GENE GAY.


FONTE: BBC

Uma equipe da Universidade de Illinois, que analisou todo o genoma humano, afirma que não existe um "gene gay".

Num artigo publicado no jornal Human Genetics, eles disseram que fatores ambientais também podem estar envolvidos. As conclusões incendeiam o debate sobre se a orientação sexual é uma questão de escolha.

Cromossomo

Segundo o chefe da equipe de pesquisadores, Brian Mustanski, boa parte das pesquisas anteriores sobre homossexualidade masculina se concentrou apenas no cromossomo X, passado para meninos por suas mães.

Os cientistas examinaram 22 pares de cromossomos não-sexuais de 456 pessoas, todas parte de 146 famílias com dois ou mais irmãos gays. Eles encontraram diversos pedaços idênticos de DNA compartilhados por irmãos gays em outros cromossomos que não apenas o X. Cerca de 60% desses irmãos compartilhavam DNA idêntico em três cromossomos.

"Nosso estudo ajuda a estabelecer que genes desempenham um papel importante em determinar se um homem é hetero ou homossexual", disse, acrescentando que outros fatores também são importantes.

"A melhor suposição é que genes múltiplos, potencialmente interagindo com influências ambientais, explicam diferenças em orientação sexual."

Alan Wardle, do grupo ativista gay Stonewall, disse: "É um estudo interessante que contribui para o debate".

"Independentemente de a orientação sexual ser determinada pela natureza, pela criação ou pelos dois, a coisa mais importante é que gays e lésbicas sejam tratados com igualdade e possam viver sem sofrer discriminação", afirmou ele.

Mustanski disse que o próximo passo será tentar confirmar as descobertas com novos estudos, e identificar genes particulares dentro das seqüências recém-descobertas que estão ligados à orientação sexual.

Comentário do Pastor Márcio de Souza
A pesquisa é seríssima e abre um novo horizonte no debate quanto a orientação sexual. Porém não muda mesmo o fato de que os gays sejam tratados com respeito. Não concordar que a homossexualidade é genética não faz de ninguém homofóbico e discordar disso não faz de ninguém um idiota, são apenas dois pontos de vista de uma mesma questão. O respeito nesse caso deve reinar sobre as diferenças.

8 comentários:

  1. Pr. eu acredito q realmente NÂO EXISTE UM GENE GAY, existe um demônio gay q quer tomar conta da vida das pessoas.

    Parabéns pelo blog!

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Gostei do seu comentário, mas acho que o amado respeita mais o pensamento homossexual do que os irmãos em Cristo cujo o pensamento teológico diferem do seu, como o Diante do Trono.

    ResponderExcluir
  3. @prclaudionor O.o What!!?

    ResponderExcluir
  4. Taí, concordei com o post e nem vou fazer qualquer colocação!!

    =D

    ResponderExcluir
  5. BOM DIA:
    AMADO CONVIVO COMLESBICAS E HOMOSSEXUAIS NA IGREJA E NO TRABALHO SECULAR.
    TENHO UMA POSIÇÃO QUE SUSTENTO VEEMENTEMENTE:
    HÁ DOIS TIPOS DE CROMOSSOS : O "Y" E O "X", NÃO TEM O "Z" NEM O "w", ISTO É NA NATUREZA HUMANA SÓ HÁ GENETICAMENTE FALANDO DOIS SEXOS SEJA PELA TEORIA CRIACIONISTA(NOSSA!) OU NA EVOLUCIONISTA
    NA BÍBLIA DEUS CRIA O ADÃO E A EVA, ELE(DEUS) NÃO CRIOU O ABÃO TAMPOUCO A AVA, CONCORDAM?
    HOMOSSEXUALISMO NÃO É DOENÇA, É ESSENCIALMENTE E EXCLUSIVAMENTE COMPORTAMENTAL. PORTANTO COMPORTAMENTO PODE SER ALTERADO, MANTIDO PERMITIDO OU APRENDIDO.
    NINGUÉM NASCE HOMOSSEXUAL TAMPOUCO VIRA HOMOSSEXUAL, ISSO É IMPOSSIVEL GENETICAMENTE, POIS SÓ EXISTEM DOIS TIPOS DE GENOMA SEXUAL, O INDIVÍDUO SE TORNA HOMOSSEXUAL POR INFLUENCIA EXTERNA, PORTANTO PODE DEIXAR DE SÊ-LO OU CONTINUAR A SÊ-LO QDO BEM QUISER, POIS NÃO É DOENÇA, E SIM UM MODELO DE COMPORTAMENTO.
    SERIA COMO VESTIR UAM COR DE ROUPA, POIS EUPOSSO OPTAR POR USAR OU NÃO, OU COMO O COMPRIMENTO DO CABELO. É TÃO SÓ E SOMENTE UM COMPORTAMENTO QEU PODE SER ALTERADO CONFORME A VONTADE DA PESSOA
    PR CLAUDIO prclaudio-acconci@bol.com.br

    ResponderExcluir
  6. Vocês entenderam tudo errado, não diz que homosexualismo não é genético, e sim que possivelmtente não está em um único gen, está possivelmente na interação de vários deles.

    Ainda vai se provar que as pessoas podem sim nascer gays, e que isso é natural, tanto que é apresentado na natureza. Mais uma vez os religiosos vão quebrar a cara, como quando duvidavam que a terra fosse redonda ou que achavam que a origem fosse Adão e Eva.

    ResponderExcluir
  7. Realmente a homossexualidade não é genética, é óbvio pra mim como Sigmund Freüd provou em "Três Ensaios Sobre a Teoria da Sexualidade" que as mais variadas formas de atração são psicológicas...
    Atenção ao detalhe: ambos heterossexuais e homossexuais são privações do cérebro de sentir prazer ao ser tocado pelo mesmo sexo e sexo oposto respectivamente. Todos os seres humanos nascem bissexuais (o corpo pode sentir prazer ao ser estimulado por qualquer coisa (homens ou mulheres) até por um objeto de plástico, isso te faz plasticossexual?). O que acontece é que os pais, a sociedade influencia no cérebro da maioria das pessoas para que elas sintam nojo do mesmo sexo, já outras pessoas criadas de outro jeito por seus pais acabam se tornando homossexuais ou permanecendo bissexuais.

    Não é genético (ou vão me dizer que tem um gene que te faz gostar de comer tomate e outras pessoas não gostam por causa do gene ser diferente?), e não é uma escolha: heterossexualidade, homossexualidade é definida como a personalidade a criança não escolhe.

    ResponderExcluir

Daqui pra frente só posta quem se identificar, os anônimos serão moderados. Quem quiser expressar opinião tem que bancar e mostrar a cara. Outra coisa, você tem o direito de se expressar, mas se houver agressão, o comentário será deletado.